17 de ago de 2015

Convite

A 1ª Feira Agroecológica dos Agricultores Familiares de Mesquita é uma iniciativa da Divisão de Agricultura da Secretaria de Meio Ambiente junto aos agricultores familiares do município para incentivar o comércio de alimentos livres de agrotóxicos produzidos em nosso município.

O evento acontecerá no dia 19 de agosto de 2015, das 9 às 14 horas, na Sala Verde Tapinhoã. 

End.: Rua Mister Watkins, 142 - Centro - Mesquita
Tel.: 2696-1576

Contamos com a participação de todos.


Rosangela da Mota Freitas
Gerente de Educação Ambiental

15 de ago de 2015

Inscrições abertas para o VII EDEA - Encontro e Diálogos com a Educação Ambiental

O Encontro e Diálogos com a Educação Ambiental - EDEA surgiu da iniciativa dos alunos do mestrado e doutorado do Programa de Pós-graduação em Educação Ambiental (PPGEA) da Universidade Federal do Rio Grande (FURG).

O VII EDEA ocorrerá de 25 a 27 de novembro de 2015, na cidade do Rio Grande/RS, com a temática: “Os desafios da Educação Ambiental: quem faz, como, para quê e para quem?".



Informações importantes:

Valores:
Ouvinte: R$ 25,00
Apresentação de trabalho: R$ 50,00

Observações:
Trabalho completo, de 8 a 12 páginas;
Até 5 autores por trabalho;
Todos os autores devem estar inscritos no evento para submeter trabalho;
Apenas 1 trabalho como autor principal, sem limites para co-autoria;
Apresentação do trabalho em roda de diálogo.
Inscrições via SINSC - http://www.sinsc.furg.br/

Apresentação de trabalho: de 10/08/2015 00:00:00 até 10/10/2015 23:59:59

Ouvintes: de 10/08/2015 00:00:00 até 10/11/2015 23:59:59


Número de vagas: 150 ouvintes e 60 trabalhos.


Eixos temáticos:

Eixo temático 1 - Abrangência de olhares e dispersão de lutas em Educação Ambiental.
Os trabalhos destinados ao eixo 1 são aqueles que discutem o campo da Educação Ambiental na tentativa de aprofundar os pontos de partida que fundamentam as múltiplas acepções que a questão ambiental abarca no cenário contemporâneo. Com isso, este eixo objetiva: assinalar as fortalezas e as fragilidades que a multiplicidade de enfoques corrobora; identificar se as bandeiras de lutas convergem ou divergem; descrever como elas têm sido organizadas.


Eixo temático 2 - Espaços consolidados e políticas de Educação Ambiental.
O objetivo do eixo 2 é mapear a práxis da Educação Ambiental no Brasil e no mundo, seja em espaços institucionalizados ou não. Esse objetivo se desdobra nos seguintes itens: captar os discursos da Educação Ambiental que estão em voga; comparar o discurso com a prática a que se pretende; discutir sobre a questão do contexto escolar, enquanto um espaço político, no que tange ao modo como a escola tem sido tratada e, ao mesmo tempo, trata da Educação Ambiental; abrir a possibilidade de novas frentes a serem debatidas. Outra questão que poderá orientar os trabalhos submetidos ao eixo é a seguinte: quais são os avanços, em termos de políticas públicas, que devem ser discutidos para a manutenção ou não das conquistas da Educação Ambiental?


Eixo temático 3 – Perspectivas e utopias da Educação Ambiental.
As questões que orientam o eixo 3 são as seguintes: para onde apontam os nossos estudos em Educação Ambiental? O que pretendemos com eles? O horizonte utópico continua a ser um farol na jornada da Educação Ambiental? Como este horizonte utópico é construído e constituído? Quais as perspectivas teóricas estão sendo delineadas? Como são tratados, na Educação Ambiental, conceitos, entre outros, como a cultura, a política, a arte, a estética, a ética e a epistemologia, ideologia?
 
HISTÓRICO DO EVENTO
I EDEA 

A relação entre teoria e prática da pesquisa em EA e a reflexão acerca do papel do educador diante dos acontecimentos ambientais, foram temas da primeira edição do evento, que ocorreu de 15 a 31 de outubro de 2008, reunindo docentes e discentes do PPGEA, o Núcleo de Estudos e Monitoramento Ambiental (NEMA) e representantes do Ministério do Meio Ambiente. O encontro possibilitou a discussão sobre o processo de constituição dos educadores e pesquisadores ambientais, incitando a reflexão sobre a sintonia entre as demandas da crise ambiental e os fundamentos do Programa.

Vídeo I EDEA 



II EDEA

Em 2010 foi realizado o II EDEA com a proposta de repensar resultados teóricos e práticos do Programa de Pós-Graduação em Educação Ambiental, a fim de aprimorar a qualidade da formação de discentes e docentes. Os resultados do I e II EDEA foram de significativa importância para a continuidade da construção qualitativa do PPGEA, visto que tanto a comunidade docente quanto a coordenação do Programa, posicionaram-se disponíveis para as reestruturações que permitissem a confluência de compreensões e ações com a complexidade demandada pela crise ambiental vigente.



Confira abaixo os trabalhos completos do II EDEA – Encontro e Diálogos com a Educação Ambiental.


https://centrodeestudosambientais.files.wordpress.com/2008/11/livro-ii-edea-artigo-soler-cea1.pdf

III EDEA




O III EDEA ocorreu de 11 a 14 de maio de 2011, no CIDEC-SUL, do Campus Carreiros da FURG. A temática do evento, "Semeando Ideias, Colhendo Diálogos" foi um convite ao diálogo continuado, que transcenda o espaço universidade para ser colhido no dia-a-dia das relações ambientais. O evento contou com a participação de mais de 400 ouvintes, com apresentações orais de 68 trabalhos e 70 pôsteres, resultando em um livro já publicado e em um livro de anais com mais de 800 páginas, material disponível online.


Confira abaixo os trabalhos completos do III EDEA – Encontro e Diálogos com a Educação Ambiental.



IV EDEA





O IV EDEA ocorreu na cidade do Rio Grande/RS, entre os dias 25 e 28 de setembro de 2012. Pensando na acolhida de todos os participantes, que viriam de diversos lugares do país, procuramos criar espaços comuns fomentadores da reflexão e do diálogo sobre as suas práticas, como por exemplo: I Mostra Internacional de Humor sobre Educação Ambiental, Feira de Economia Solidária, Trilha dos Sentidos e CINEDEA.  Os Grupos de Trabalho (GTs) foram constituídos com o objetivo de viabilizar os encontros, as discussões e as análises das pesquisas em Educação Ambiental no Brasil e no mundo. Desse modo, procuramos agrupar os pesquisadores por tema de interesse para proporcionar um debate reflexivo e problematizador da Educação Ambiental nos seguintes GTs: 1) Fundamentos Filosóficos e Epistemológicos da Educação Ambiental; 2) Problemáticas Emergentes em Educação Ambiental; 3) Modelos de Desenvolvimento, Impactos Ambientais e Sociais e Educação Ambiental; 4) A constituição de educadores e educadoras ambientais e; 5) Movimentos Sociais e Educação Ambiental. 

Confira abaixo os trabalhos completos e resumos expandidos do V CPEASul – Colóquio de Pesquisadores em Educação Ambiental da Região Sul e IV EDEA – Encontro e Diálogos com a Educação Ambiental.




V EDEA 


O V EDEA ocorreu nos dias 02 e 03 de dezembro de 2013, na cidade do Rio Grande/RS, com a temática: “A Educação Ambiental e os desafios da contemporaneidade”. 

Confira abaixo os trabalhos completos e resumos expandidos do V CPEASul – Colóquio de Pesquisadores em Educação Ambiental da Região Sul e IV EDEA – Encontro e Diálogos com a Educação Ambiental.




VI EDEA 
O VI EDEA ocorreu de 24 a 26 de setembro de 2014, na cidade do Rio Grande/RS, com a temática: “Constituindo Educadores Ambientais".
 
Confira abaixo o ebook com os anais do VI EDEA - Encontro e Diálogos com a Educação Ambiental.

Trabalhos apresentados no VI EDEA

Blog do VI EDEA

10 de jun de 2015

MMA lança edição especial da COLECIONA



Com reformulação editorial, a revista chega ao número 13, aprofundando os temas educação ambiental e agricultura familiar. A partir de textos reflexivos, a publicação forma banco de dados sobre os assuntos

Por Tinna Oliveira - Edição: Sérgio Maggio

Publicação do Ministério do Meio Ambiente (MMA), a revista COLECIONA: Fichário d@ Educador Ambiental chega a sua 13ª edição com o tema especial de educação ambiental e agricultura familiar. O objetivo é ser um prático fichário com textos para reflexão e exemplos de experiências e ações sobre educação ambiental, organizado em seções, possibilitando, assim, a formação de um banco de Informações sobre o tema.
A publicação é uma produção do Departamento de Educação Ambiental (DEA) da Secretaria de Articulação Institucional e Cidadania Ambiental (SAIC). Ela é construída a partir de parcerias, com textos de diversos colaboradores e convidados, além de conter indicações de publicações, divulgação de ações e entrevistas com especialistas na área de meio ambiente.
Para esta última edição, a revista passou por uma reformulação editorial. No site, é possível, ainda, acessar todas as edições. A versão impressa da 13ª edição será distribuída nas oficinas do Programa de Educação Ambiental e Agricultura familiar (PEAAF) com a tiragem de três mil exemplares.

REFLEXÃO
O projeto COLECIONA teve início em 2008, mas passou por um período inativo. Ao todo, já foram 13 edições com reflexões de autores diversos, onde se destacam também posicionamentos críticos, de acordo com princípios da Política Nacional de Educação Ambiental (PNEA). Esse material motiva o intercâmbio de informações e a discussão, trazendo experiências do fazer e do saber técnico, acadêmico e popular.
 A 13ª edição está relacionada ao PEAAF que possui cinco linhas de ação estratégicas. Essa edição insere-se na linha cinco do Programa, que trata da Comunicação em Educação Ambiental para a Agricultura Familiar. O principal objetivo do PEAAF é desenvolver práticas pedagógicas que contribuam para a construção coletiva de estratégias para o enfrentamento da problemática socioambiental rural.
A sustentabilidade almejada para a agricultura familiar  buscada a partir de  processos formativos e projetos socioambientais  que estimulem não apenas a troca de técnicas de produção, mas a transformação do conjunto de relações sociais e produtivas existentes no meio rural.

Links: