14 de mar de 2007

Saiba mais sobre Mudanças Climáticas

O que é aquecimento global?
O aquecimento global é resultado do lançamento excessivo de gases de efeito estufa (GEEs), sobretudo o dióxido de carbono (CO2), na atmosfera. Esses gases formam uma espécie de cobertor cada dia mais espesso que torna o planeta cada vez mais quente e não permite a saída de radiação solar.

O que é efeito estufa?
O efeito estufa é um fenômeno natural para manter o planeta aquecido. Desta forma é possível a vida na Terra. O problema é que, ao lançar muitos gases de efeito estufa (GEEs) na atmosfera, o planeta se torna quente cada vez mais, podendo levar à extinção da vida na Terra.

Quais as causas das mudanças climáticas?
As mudanças climáticas, outro nome para o aquecimento global, acontecem quando são lançados mais gases de efeito estufa (GEEs) do que as florestas e os oceanos são capazes de absorver.

Como são lançados os gases de efeito estufa?
Isso acontece de diversas maneiras. As principais são: a queima de combustíveis fósseis (como petróleo, carvão e gás natural) e o desmatamento (no Brasil, o desmatamento é o principal responsável por nossas emissões de GEEs).

Quais os efeitos do aquecimento global?
São várias as conseqüências das mudanças climáticas. Algumas delas já podem ser sentidas em diferentes partes do planeta como o aumento da intensidade de eventos de extremos climáticos (furacões, tempestades tropicais, inundações, ondas de calor, seca ou deslizamentos de terra). Além disso, os cientistas hoje já observam o aumento do nível do mar por causa do derretimento das calotas polares e o aumento da temperatura média do planeta em 0,8º C desde a Revolução Industrial. Acima de 2º C, efeitos potencialmente catastróficos poderiam acontecer, comprometendo seriamente os esforços de desenvolvimento dos países. Em alguns casos, países inteiros poderão ser engolidos pelo aumento do nível do mar e comunidades terão que migrar devido ao aumento das regiões áridas.

Como o desmatamento influencia na mudança do clima?
Ao desmatar, muitas pessoas queimam a madeira que não tem valor comercial. O gás carbônico (CO2) contido na fumaça oriunda desse incêndio sobe para a atmosfera e se acumula a outros gases aumentando o efeito estufa. No Brasil, 75% das emissões são provenientes do desmatamento.

Quais as soluções para combater o aumento do efeito estufa?
Existem várias maneiras de reduzir as emissões dos gases de efeito estufa. Diminuir o desmatamento, incentivar o uso de energias renováveis não-convencionais, eficiência energética e a reciclagem de materiais, melhorar o transporte público são algumas das possibilidades.

O que é Convenção do Clima?
É uma reunião anual da Organização das Nações Unidas (ONU) onde os países membros discutem as questões mais importantes sobre mudanças climáticas. A primeira convenção mundial aconteceu em 1992. O nome oficial do evento é Convenção-Quadro da Nações Unidas sobre Mudanças do Clima (UNFCC, sigla em inglês).

O que é Protocolo de Quioto?
É o único tratado internacional que estipula reduções obrigatórias de emissões causadoras do efeito estufa. O documento foi ratificado por 168 países. Os Estados Unidos, maiores emissores mundiais, e a Austrália não fazem parte do Protocolo de Quioto.

O que é Fundo de Adaptação?
Um mecanismo financiado pelos países desenvolvidos para que os países em desenvolvimento possam lidar com os efeitos das mudanças climáticas. Hoje, cada projeto de Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL) paga 2% do seu valor para este Fundo, mas o dinheiro ainda não está sendo empregado.

O que é MDL?
Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL) é um instrumento criado para reduzir as emissões de gases causadores do efeito estufa. Mas, para compreender melhor o que isso significa é preciso voltar ao ano de 1997, quando a comunidade internacional fechou um acordo para reduzir as emissões de gases causadores do efeito estufa, o Protocolo de Quioto. Neste mecanismo da Convenção do Clima, os países desenvolvidos têm até 2012 para reduzir suas emissões em 5,2% tomando como base o ano de 1990. Além de cortar localmente suas emissões, os países desenvolvidos podem também comprar uma parcela de suas metas em créditos de carbono gerados em projetos em outros países. A Implementação Conjunta garante créditos obtidos de países desenvolvidos e o Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL) permite que estes créditos venham de países em desenvolvimento, como o Brasil.
Fonte: WWF Brasil

2 comentários:

Anônimo disse...

tua matéria é ótima!me ajudou bastante no trabalho sobre aquecimento global.Gostaria que falasse + sobre o protocolo de Quioto!Muuuuuito obrigada,abraço!

isabela disse...

MEIO AMBIENTE


-Aquecimento Global

O mundo vem sofrendo várias agressões devido a alta produção por conseqüência do alto consumo ,hoje as grandes empresas,todas sem exceção estão em obra de expansão por causa da demanda do mercado fazendo com que assim aumente o lixo industrial,queima de combustível fóssil e toneladas de CO2 na atmosfera assim destruindo a camada de ozônio.
Um grande problema que vivemos é a insustentabilidade do mundo , porque o homem quer mais do que o planeta pode oferecer.
Embasado em uma pesquisa cientifica grandes pesquisadores descobriram que a cerca de 25 anos já vem ocorrendo insustentabilidade do planeta oferecer recursos de Janeiro a Setembro e ficar no vermelho de Setembro a Dezembro isso vem acarretando sérios danos ao nosso planeta sobrecarregando-o e não o reparando , conseqüentemente num futuro muito próximo em termos científicos o ser vivo não existira mais.
A camada de ozônio tem importância vital,pois absorve grande parte da radiação ultravioleta ,esses raios em grande quantidade são prejudiciais para qualquer tipo de ser vivo. Mas essa camada esta sendo destruída devido a poluição de empresas,carros e a falta de consciência das pessoas sobre a importância da reciclagem,o mundo esta em perigo e cabe a nós salva-lo.
A utilização de alguns compostos químicos de origem artificial esta acelerando ainda mais a destruição da camada de ozônio,um dos principais é o CFCs (clorofluor carbono) ele é encontrado em geleiras,extintores de incêndio e em plásticos, esse gás é muito estável, por isso não reage com os gases atmosféricos e conseguem atingir elevadas altitudes assim permanecem na atmosfera por muito tempo.
O plástico também é um grande problema para o meio ambiente, ele demora mais de 500 anos no para se decompor ,e também não é somente com o destino dado ao plástico que preocupa e sim também a grande quantidade de energia gasta para produzi-lo contribuindo assim para o esgotamento do petróleo, e para evitar isso pesquisas estão sendo desenvolvidas para produzir plásticos biodegradáveis cuja produção agrida menos o meio ambiente.
O aquecimento global esta causando também o derretimento das geleiras, diminuindo a quantidade de água doce disponível e aumentando o nível do mar.
Os ursos polares e todos os animais que vivem nas geleiras estão morrendo de fome pois não estão mais encontrando comida, e assim em poucos anos esses animais estaram extintos da terra.
A conferencia de Viena adotou uma resoluçao dando poder ao UNEP para organizar negociações para um protocolo de Montral,exigiu cortes de 50% em relação aos níveis de anos anteriores tanto na produção como no consumo.
Desenvolvimento sustentável é uma solução,pois é capaz de suprir as necessidades da geração atual,sem comprometer a capacidade de atender as necessidades das futuras gerações. É o desenvolvimento que não esgota os recursos para o futuro.
O planeta terra esta em nossas mãos,cabe a nós decidir o que vai acontecer e qual rumo tudo isso vai tomar,ainda esta em tempo de evitarmos que isso se agrave ainda mais,e reverte essa situação para que nosso filhos e netos não sofram com as conseqüências de nossos erros.

RECICLAR PARA PROSPERAR
O MEIO AMBIENTE AGRADECE!



AUTORA:ISABELA GUIMARAES FURTADO.