28 de set de 2007

CASA FAMILIAR RURAL INAUGURA SALA VERDE


Jornalista Marizete Debortoli Rupp

O Projeto Sala Verde desenvolvido pelo Ministério do Meio Ambiente se faz presente , a partir desta semana, na região sudoeste do Paraná. O único município contemplado é São Jorge d’ Oeste.

A equipe de professores da Casa Familiar Rural viabilizou o projeto através de aprovação pela Câmara Técnica do Meio Ambiente no Estado do Paraná. Justificando os objetivos de parcerias entre entidades, associações, escolas, comunidade.

A Casa familiar Rural de São Jorge d’ Oeste dentro de sua trajetória na qualificação de jovens agricultores, vem trabalhando nos últimos anos, práticas de educação ambiental com as famílias visando o uso racional dos recursos naturais. Dentre eles, parceiros de projetos de proteção de fontes,recuperação de mata ciliar, conservação de solos.

Entitulado, Espaço Verde, o ambiente está aberto ao público , na Casa Familiar Rural, na Linha Santa Bárbara, à 2 Km do centro da cidade. Proporcionando recursos bibliográficos escritos e audiovisuais a serem utilizados no desenvolvimento de pesquisas e estudos voltados ao Meio Ambiente. Destaca-se o envolvimento com outras escolas, na complementação de bibliografia para projetos, dentre eles, o Agrinho, desenvolvido pelo SENAR. O espaço também servirá como local destinado a reuniões e cursos motivando a união das entidades e instituições no município em tomadas de ações que possibilitem minimizar os problemas relacionados ao meio ambiente e despertar na comunidade a consciência ecológica. Parceiros do projeto estão o Rotary Club, CAJOR (Associação dos Pequenos Agricultores), Emater, STR( Sindicato dos Trabalhadores Rurais), AORSA (Associação de Produtores Orgânicos) , ACESJO (Associação Comercial e Empresarial) escolas estaduais e municipais.

Dentre as metas do Espaço Verde está o prosseguimento das reuniões do Conselho Municipal do Meio Ambiente, instituído no projeto Mata Ciliar. Juntamente a estas metas está o encaminhamento para a criação do Comitê Gestor de Bacias Hidrográficas.

O Sala Verde prevê a implementação bibliográfica atualizada a cada seis meses, diretamente do Ministério do Meio Ambiente.

A prefeitura municipal viabilizou a sala e equipamentos. A Casa Familiar Rural (CAFAMI) disponibilizou o engenheiro agrônomo Jorge Henrique Rupp para a coordenação , ficando sob a responsabilidade do acervo bibliográfico a professora Marizete Debortoli Rupp. Os demais professores auxiliarão nos trabalhos a serem desenvolvidos.

A inauguração contou com a presença de várias autoridades, representantes de instituições, sindicatos, escolas , comunidade, alunos e professores. Na oportunidade, Pe. João Nalon abençoou o local e enfatizou a importância da leitura e a consciência que devemos ter para com o meio ambiente, pensando não apenas no presente, mas nas futuras gerações. Representando o prefeito Municipal, Adair Ceccatto, descerraram a fita inaugural os Secretários da Agricultura José Dell’Osbell, Secretário da Educação Guilherme Kaminski.

Em visitação ao local, o engenheiro Agrônomo Jair Klein, mestrando da UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina) conceituou com excelência o material exposto.

Nenhum comentário: