16 de mai de 2008

Carta aos servidores do MMA - ministra Marina Silva


14/05/2008

Carta aos servidores do Ministério do Meio Ambiente, Ibama, Instituto Chico Mendes, Agência Nacional de Águas, Serviço Florestal Brasileiro e Jardim Botânico

Prezados servidores,

Acabo de entregar ao Presidente Lula carta na qual comunico minha decisão de deixar a honrosa função de ministra do Meio Ambiente e meu retorno ao Senado Federal. Estou fechando um ciclo no qual enfrentamos muitas dificuldades, mas, colhemos resultados gratificantes nesses cinco anos e meio em que estamos juntos.

Quero agradecer a colaboração de todos e afirmar que nada do que alcançamos seria feito sem a participação, o entusiasmo, as críticas, a competência de cada um de vocês. E não foi pouco: entre outras conquistas, a criação de quase 24 milhões de hectares de áreas de conservação federais, a definição de áreas prioritárias para conservação da biodiversidade em todos os nossos biomas, a estruturação do Plano Nacional de Mudanças Climáticas, a aprovação do Plano Nacional de Recursos Hídricos, do novo Programa Nacional de Florestas, do Plano Nacional de Combate à Desertificação. Também conseguimos aprovação da Lei de Gestão de Florestas Públicas, da criação da área sob limitação administrativa provisória, da Política Nacional de Povos e Comunidades Tradicionais, entre outros marcos regulatórios importantes.

Com erros, acertos e muito aprendizado, acredito que conseguimos nos guiar pela quatro diretrizes traçadas quando aqui chegamos: a busca do desenvolvimento sustentável, do controle e participação social, do fortalecimento do SISNAMA e da política ambiental integrada pela prática da transversalidade.

Embora nunca tenha conseguido lhes dar a atenção que pretendia, dada a intensidade da agenda de que são testemunha, procurei fazer o possível para valorizar os servidores por meio de aumento salarial, enquadramento na carreira funcional, informatização e reforma das instalações físicas, realização de concursos públicos e reorganização das equipes de licenciamento. A reestruturação do Ministério, feita com o objetivo de aproximar mais o organograma das necessidades de nossas ações e programas, levou à criação da Secretaria de Articulação Institucional e Cidadania Ambiental, da Secretaria de Mudanças Climáticas, do Instituto Chico Mendes e do Serviço Florestal Brasileiro.

Assim como nossa gestão incorporou avanços de gestões anteriores, estou certa de que nosso trabalho terá continuidade sobretudo pela ação de vocês, servidores, os agentes verdadeiramente capazes de internalizar a política ambiental que melhor sirva ao nosso País.

Continuaremos em contato, agora que voltarei ao Congresso Nacional, na busca da sustentabilidade política fundamental para consolidação da agenda de desenvolvimento sustentável.

Um grande abraço,

Marina Silva


Nenhum comentário: