22 de out de 2010

Release

ESTAÇÃO 5

Projeto que comemora os cinco anos de atividades teatrais da Cia Andante Produções Artísticas de Itajaí, realizando a circulação de seus espetáculos (O Menino Maluquinho, Espia Só! e Riscado) e ministrando oficinas de teatro de bonecos em cinco bairros/estações: Espinheiros, Imaruí, São Roque, Brilhante II e Centro, dando assim, continuidade ao trabalho de descentralização das atividades da Cia, acessibilidade ao teatro, formação de platéia e valorização da arte.

Objetivando beneficiar crianças, jovens e adultos com acesso restrito as atividades teatrais; fomentar a formação artística na linguagem do teatro de animação; expandir a proposta de ocupação de espaços não convencionais de apresentações; educar para a valorização da obra artística a partir da cobrança do ingresso de valor simbólico e realizar parcerias com entidades de bairro e outras instituições , como forma de unir propósitos e ações benfeitoras aos moradores;

O projeto já está na sua segunda Estação - o bairro Imaruí - em parceria com o Grupo Escoteiro Imaruí e Univali ( Sala Verde).

A primeira etapa do projeto aconteceu em agosto, na estação Espinheiros em parceria coma a Associação de moradores do Espinheiros.

Próxima estação acontecerá em novembro no bairro Brilhante II.

A HISTÓRIA DA CIA ANDANTE

No ano de 2005, Jô Fornari, atriz/produtora e Luis Melo, artista plástico/ cenógrafo, estabelecem residência na cidade de Itajaí com o objetivo de montar o espetáculo O Menino maluquinho com direção de Marcelo F. de Souza, assim nasceu a Cia Andante Produções Artísticas. Inicialmente trabalhando com teatro de animação, performances, contação de histórias, intervenções e artes visuais.

O espetáculo O Menino Maluquinho estreou em 2006 e participou do Festival Internacional de teatro de bonecos/Brasília e III Festival de Teatro de Animação de Jaraguá do Sul. No mesmo ano a Cia é selecionada para 10º Salão de artes de Itajaí.

Em 2007 a Cia realiza em parceria com entidades de bairros de Itajaí o Projeto ARTE ANDANTE – teatro, oficinas e contação de histórias.

O Projeto ESPIA SÓ! Formação e montagem de teatro lambe-lambe iniciou em 2008 com Alex Nascimento e Sandra knoll, atores que passam a integrar a Cia juntamente com Jô Fornari. No mesmo ano se estabelece uma parceria com a Cia Experimentus e ambas as Cias teatrais dividem um espaço físico onde funciona a sede de trabalho, fortalecendo assim sua parceria nas atividades e realizando neste ano a co-produção do Vídeo de curta-metragem CONTRAPONTO de Marcelo F. de Souza.

Entra o ano de 2009 e a Cia Andante participa com o espetáculo O Menino Maluquinho de dois importantes festivais : 14º Festival Catarinense de Teatro e III FITA – Festival Internacional de Teatro de animação. Também recebe dois prêmios: Prêmio Funarte de Teatro Myriam Muniz e Elisabete Anderle de Estimulo a Cultura, patrocinando a continuidade do Projeto ESPIA SÓ! , contemplando sua estréia, turnê pelo estado e publicação da primeira revista sobre Teatro lambe-lambe. Ainda neste ano realiza a Co-produção do espetáculo Riscado juntamente com Laércio Amaral, ator que passa a integrar a Cia .

Formada atualmente por Jô Fornari, Laércio Amaral e Sandra Knoll, neste ano de 2010 a Cia Andante comemora 5 anos de atividades artísticas, dedicando-se à pesquisa e montagem de espetáculos nas linguagens do teatro de animação e do clown. Desenvolve apresentações de espetáculos, intervenções e oficinas, sempre buscando o aprimoramento técnico/poético/estético da atuação, priorizando a qualidade artística e a ocupação de espaços alternativos de apresentações.

Possui em seu repertorio três espetáculos: “O menino maluquinho” – Direção Marcelo F. de Souza ( infantil), “Espia só!” - Direção Marcelo F. de Souza (todos os públicos) e “Riscado” – Direção Luciano Fusinato ( adulto).

Dentro das atividades deste ano está a participação no evento Aldeia Palco Giratório SESC/ Joinville, a parceria com o Coletivo de Pesquisa em Palhaço – OSPÁLIA e a comemoração do aniversário com o Projeto ESTAÇÃO 5 – Cinco anos de andante

Nenhum comentário: