21 de set de 2011

Comemoração do dia da árvore

 
Hoje 21 de setembro comemoramos o dia da árvore, dia de eventos pontuais celebrados em escolas, prefeituras e outros órgãos governamentais e não governamentais de todos os níveis. Mas o que as “árvores” devem comemorar nesta data tão especial?
 
Primeiramente gostaria de ressaltar a minha opinião sobre essas datas pontuais, dia da árvore, dia Mundial da água, semana do meio ambiente etc. São todas datas muito importantes para pontuarmos sobre as mais diversas temáticas ambientais e é, sem dúvida, um momento importantíssimo para todos nós educadores, professores e representantes de entidades que agenciam a educação ambiental, promovermos reflexões e ações sobre os problemas ambientais e as formas ideais de preservação do nosso meio ambiente.
 
No entanto, neste dia faço o seguinte questionamento: o que devemos comemorar mesmo?
 
Se pegar pelo ponto de vista dos mais otimistas pode ressaltar a ampla discussão dos problemas ambientais na mídia, nas empresas sérias, nas igrejas, em alguns programas governamentais e não governamentais responsáveis e mesmo, bem pouco, nas famílias conscientes.  Porém, se fazermos um levantamento mais sério, ainda temos muito que “martelar” sobre os problemas ambientais. Por exemplo: será que em um país que mudou a sua legislação para atender uma minoria de empreendedores do campo pode comemorar este dia? E os proprietários rurais sérios e preocupados com o seu cantinho podem comemorar o aumento de 50% nas queimadas em relação a 2010? E as pessoas sérias que enxergam à corrupção (desvio) do dinheiro para combater incêndio, comprometendo assim as ações de prevenção às queimadas podem comemorar? Enfim, tantos outros problemas que ainda temos nos impedem de dizer que hoje é um dia de comemoração e sim de reflexão. 
 
Voltando a minha pergunta inicial, mas o que as “árvores” deveriam comemorar neste dia? Acho que elas nada, pois nem sabem desta data, mas nós humanos que somos conscientes de nossas ações e atos, pelo menos na teoria, temos que comemorar sim as pequenas mudanças de atitudes de muitas crianças, jovens e adultos, igrejas, algumas empresas, alguns órgãos governamentais e não governamentais que passaram a ver a educação ambiental como algo do seu dia-dia e não mais só de datas especiais como esta.
 
 
                               Autor: Jeovanio José da Rocha
                             Biólogo e Professor de Biologia
                   Coordenador da Meta Sala Verde de Brumadinho

Nenhum comentário: