26 de jul de 2007

Inauguração da Sala Verde do Centro de Estudos Brasileiros, da Embaixada do Brasil em Maputo - Moçambique

No dia 06 de junho foi inaugurada a Sala Verde do CEB com a exposição de fotografias cedidas pelo fotógrafo Naíta Ussene sobre o tema biodiversidade. No dia 07 de junho a Sala Verde promoveu a palestra da Dra. Adelaide Agostinho, Diretora do Departamento de Medicina Tradicional do Ministério da Saúde, sobre “Conservação e proteção de plantas medicinais: instrumento de combate à pobreza”

A Embaixada do Brasil em Maputo e o CEB, protagonizaram a constituição da Sala Verde, destinando uma sala com prateleiras, cadeiras, mesas, um computador ligado a internet e um televisor com acesso a TV a cabo. Além dessa sala, uma outra sala ao lado foi destinada para exposições vinculadas a Sala Verde.

O Sr. Bartolomeu Rungo, representante do CEB, fez uma exposição detalhada sobre cada fotografia e o intuito da exposição, relacionada com aspectos da problemática socioambiental de Moçambique. Algumas dessas problemáticas se referem à gestão de bacias hidrográficas, ao acesso à água, à gestão de resíduos sólidos, ao acesso a equipamentos básicos de educação e saúde, à gestão dos recursos genéticos, ao desmatamento e à exploração descontrolada de bens ambientais (madeira, minérios, água, etc), aos aspectos referentes ao reassentamento populacional, saneamento básico, expansão urbana desordenada, entre outros.

A intenção é alterar periodicamente a exposição, de modo a cobrir todos os temas das convenções internacionais relacionadas com o meio ambiente. Está programada uma palestra, no dia 31 de julho, sobre “Convenções Internacionais e Mudanças Climáticas”, a ser proferida pela Dra. Telma Manjate, meteorologista do MICOA. O Sr. Rungo disponibilizou algumas fotografias da inauguração da Sala Verde.

Houve a entrega de uma série de publicações do Ministério do Meio Ambiente como contribuição ao acervo da Sala, além da apresentação de informações sobre o Projeto Sala Verde no Brasil e os instrumentos de comunicação e interação, como por exemplo o blog das Salas Verdes (http://salasverdes.blogspot.com), incentivando a inserção da Sala Verde do CEB neste espaço de troca de experiências.

O CEB e a Embaixada do Brasil entenderam perfeitamente o espírito dinamizador e agregador do Projeto Sala Verde, apropriando-se da idéia e protagonizando a organização de atividades com a articulação de parceiros locais. Esses parceiros têm contribuído com a doação de publicações e com a realização das atividades da Sala. Essa atuação exemplar da Sala Verde do CEB contribuirá com a implementação das Salas do Projeto Educação Ambiental na CPLP no Marco da Década da Educação para o Desenvolvimento Sustentável.


Sr. Bartolomeu Pedro Rungo e a Técnica do MMA, Daniela Ferraz.


Detalhe da mesa contendo revistas sobre meio ambiente.


Sala Verde sendo utilizada para consulta.

Prateleiras com publicações sobre meio ambiente.

Nenhum comentário: