22 de out de 2011

Salas verdes ganham novas publicações

Começa a ser distribuído pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA) o kit 2011 de publicações para as 284 Salas Verdes em atividade em todo o território nacional. Cada caixa conterá 59 livros recentes editados por diversas áreas do MMA, incluindo as entidades vinculadas.
Dentre essas publicações vale destacar, o Livro Vermelho da Fauna Brasileira Ameaçada de Extinção , dividido em dois volumes com 479 páginas cada. A publicação é fruto do trabalho de pesquisa desenvolvido pelo Departamento de Conservação da Biodiversidade Brasileira do Ministério do Meio Ambiente, em parceria com o Ministério da Educação.
Outra publicação bem conhecida são as cartilhas da campanha Saco é um Saco , que em três volumes, procura orientar as pessoas para o consumo sustentável, substituindo as sacolas plásticas por alternativas que evitem o impacto ambiental desse resíduo.
A publicação recente que leva o título de Áreas de Preservação Permanente e Unidades de Conservação X Área de Risco: O que uma coisa tem a ver com a outra? é resultado de um estudo ilustrado com fotos das áreas atingidas pela tragédia das inundações e desmoronamentos na região serrana do Rio de Janeiro, no início do ano.
As Salas Verdes são espaços físicos que disponibilizam, por meio dos livros e demais publicações, o acesso a informações socioambientais, mas também desenvolvem cursos, palestras, oficinas e reuniões. No Estado de Minas Gerais são 49 salas, enquanto São Paulo possui 29 e o Paraná, 20, quase sempre atendendo professores, estudantes e demais interessados na agenda socioambiental.
O Projeto Sala Verde é coordenado pelo Departamento de Educação Ambiental da Secretaria de Articulação Institucional e Cidadania Ambiental do MMA e consiste no incentivo à implantação de espaços socioambientais para atuarem como potenciais Centros de informação e formação ambiental.

Nenhum comentário: